Casa de Conan Doyle escapa de virar McDonald’s

Condensado de Revista ÉPOCA, 12/12/99

Uma mansão do século XVIII onde viveu o escritor Arthur Conan Doyle em Edimburgo, na Escócia, por pouco não virou um McDonald’s. A notícia que a casa poderia abrigar mais uma filial da lanchonete deixou os fãs do criador de Sherlock Holmes indignados. Atendendo aos protestos, a prefeitura de Edimburgo declarou a mansão área de preservação, proibindo assim qualquer tipo de reforma no local. Conan Doyle viveu na casa dos cinco aos sete anos de idade. As informações são das agências internacionais.

Esse post foi publicado em Revistas e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s