Livro que ‘inspirou’ Sherlock é publicado

Condensado de BBC News, 30/03/2001
Tradução: Mundo Sherlock

Basil Rathbone

Basil Rathbone ficou famoso interpretando Holmes

Um conto que se pensa ter sido o primeiro escrito por Sir Arthur Conan Doyle – o criador de Sherlock Holmes – foi publicado na Escócia.

The Haunted Grange of Goresthorpe nunca foi publicado e contém características semelhantes com Holmes e seu sócio, o Dr. Watson.

“O livro mostra como a idéia de Holmes e Watson chegou a ele mais cedo do que nós tínhamos pensado”, afirmou Owen Dudley Edwards, da Conan Doyle Society.

Há uma razão para que o livro nunca tenha sido publicado – é considerado uma história de fantasma “áspera e pronta”, escrita por Sir Arthur aos 18 anos, quando ele era um estudante de medicina.

Sir Arthur nasceu em Edimburgo e lá estudou medicina antes de abrir um consultório como “médico patologista”.

Sua primeira história publicada foi O Mistério do Vale de Sassassa, no Chamber’s Journal em 1879 mas anteriormente ele havia enviado A Granja Assombrada de Goresthorpe à Edimburgh Magazine, de Blackwood.

A história foi arquivada e esquecida, enquanto permanecia nos arquivos de Blackwood até 1942, quando foi apresentada à Biblioteca Nacional da Escócia.

A história não foi publicada antes devido a uma filtragem da família de Sir Arthur que não a considerava dentro de seu padrão habitual mas, seguindo a morte de Dame Jean Conan Doyle, última filha viva do autor, sua família cedeu.

Ian McGowan, bibliotecário da Biblioteca Nacional, disse que o livro foi descoberto em 24 laudas cuidadosamente escritas.

Sir Arthur Conan Doyle

Sir Arthur Conan Doyle

Entre os colaboradores da Revista de Blackwoods estavam Anthony Trollope, George Eliot, Henry James e Joseph Conrad.

“A história possui uma composição infantil em sua maior parte e seu fantasma, com a zelosa prontidão de um cão de guarda, exibe suas presas para o proprietário [da granja] na primeira vez que emerge de uma lagoa” disse McGowan.

Mas ele entende que a obra trata-se de uma valiosa contribuição para o estudo de Holmes, que “possui muitas das marcas do Conan Doyle maduro”.

Como tal, apesar da falta de mérito literário da história, será de grande interesse para os fãs de Sherlock Holmes e os muitos acadêmicos que estudam a vida e obra de Sir Arthur.

Sangue gotejando

The Haunted Grange of Goresthorpe

O original de The Haunted Grange of Goresthorpe que nunca retornou para Sir Arthur da revista para a qual havia enviado

Embora Holmes seja indubitavelmente sua mais famosa criação, alguns discutem que o outro lado de seu trabalho de escritor é negligenciado.

Sir Arthur – que morreu em 1930 – é considerado por alguns como o maior contista do último século.

“A maioria das pessoas pensa em Sherlock Holmes mas ele escreveu muitas outras histórias de sucesso” disse Dudley Edwards.

“É excitante encontrar esta obra e interessante ver como Conan Doyle se desenvolveu depois”.

A Fazenda Assombrada de Goresthorpe conta a história de um fantasma que se aparece a um proprietário de terras em uma mansão escocesa.

“Ele pinta um quadro da casa que goteja sangue” conforme Dudley Edwards.

O livro revela que o fantasma que assombra a casa está realmente apavorado pelo fantasma da esposa que ele assassinou.

“Tal idéia surge, obviamente, de um estudante de medicina, que pensa na casa como uma ferida aberta”.

Esse post foi publicado em Livros e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s