Sherlock Holmes na Royal Society

Condensado de O Estado de São Paulo, 17/10/2002

Sherlock Holmes tornou-se o primeiro personagem de ficção a ser convidado a integrar uma instituição de pesquisa na Grã-Bretanha.

Membro da Academia Real de Química condecora Sherlock - AP

Membro da Academia Real de Química condecora Sherlock – AP

Ele tornou-se membro honorário da Royal Society of Chemistry (Sociedade Real de Química) por ter sido o primeiro detetive a explorar a química como uma forma “elementar” de decifrar crimes.

O famoso detetive está sendo honrado pela Royal Society of Chemistry por “seu amor à química e pela forma com que ele popularizou seu conhecimento”.

O cargo honorário é normalmente concedido a ganhadores do prêmio Nobel e outros acadêmicos de peso. Um professor da Belfast Royal Academy chamado John Watson fez a apresentação póstuma do novo membro da instituição em frente à estátua de Holmes, na saída da estação de metrô de Baker Street, em Londres. O primeiro detetive a usar técnicas científicas tinha um conhecimento extenso de história do crime e de literatura. O criador de Sherlock Holmes, sir Arthur Conan Doyle, fez um doutorado na Universidade de Edimburgo e teria se inspirado em um de seus professores, Joseph Bell, para criar o personagem.

Anúncios
Esse post foi publicado em Jornais e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s