Sherlock Holmes é personagem constante no cinema, na TV e em HQs

Por Claudio R.S. Pucci
Condensado de Terra, 22/05/2009

Os atores Jude Law (como Watson) e Robert Downey Jr. (como Holmes) em cena de filme Foto: Divulgação

Os atores Jude Law (como Watson) e Robert Downey Jr. (como Holmes) em cena de filme
Foto: Divulgação

O maior personagem de Conan Doyle sobreviveu ao criador e é figura recorrente em muitos filmes, HQs e contos. Levado para o cinema, foi cristalizado na figura do ator Basil Rathbone como o detetive em 14 longas produzidos pela Fox e depois pela Universal entre 1939 e 1946.

Nas telinhas foi imortalizado pelo britânico Jeremy Brett, que o interpretou por 10 anos em quatro séries feitas pela televisão inglesa. Até mesmo a TV soviética chegou a fazer uma série de sucesso com o personagem entre 1979 e 1986 com Vasily Livanov como Holmes.

Além disso, outras obras fantásticas utilizaram o personagem em seus roteiros, como Visões de Sherlock Holmes, onde o detetive se consulta com Sigmund Freud e descobre que seu ódio por Moriarty se originava do fato do professor ter sido amante de sua mãe; O Enigma da Pirâmide, fantasia produzida por Spielberg com um suposto encontro entre Holmes e Watson ainda no colégio e até o nacionalíssimo O Xangô de Baker Street, de Jô Soares, onde Holmes vem ao Brasil Imperial e resolve um caso para Pedro II e a atriz Sarah Bernhardt.

Para este ano, teremos uma aventura do detetive com Robert Downey Jr. como Holmes e Jude Law como Watson, com direção do ex-marido de Madonna, Guy Ritchie, baseada em uma HQ de Lionel Wigram, que foca no lado mais aventureiro e briguento do personagem.

Por falar em HQ, Alan Moore, o criador de Watchmen, usou Moriarty e o irmão de Sherlock, Mycroft Holmes, na primeira aventura da Liga dos Cavaleiros Extraordinários. Holmes, na aventura, já havia falecido.

Além disso, o estilo de Holmes é visível em personagens modernos de televisão, como o detetive com transtorno obsessivo-compulsivo, Monk de Tony Shaloub ou o ranzinha Gregory House, cujo Watson é seu amigo Wilson (a referência é tão forte que Holmes morava no número 221b da Baker Street, enquanto House mora em um apartamento de número 221b). No final das contas, mais moderno do que nunca, Sherlock Holmes entrou no livro dos recordes, o Guinness, como o personagem mais interpretado do cinema, com cerca de 70 atores o personificando em mais de 200 filmes.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s